Onde obter informação fiável sobre alterações climáticas?

As alterações climáticas são um fenómeno cada vez mais mediático. Para combater a desinformação, é essencial que nos informemos através de fontes credíveis e cientificamente acreditadas. Partilhamos abaixo várias fontes de informação úteis a várias escalas.

Internacional:

  • O Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (IPCC) é uma entidade conceituada a nível mundial, contando com a colaboração de centenas de cientistas. Os relatórios do IPCC são documentos de referência que fornecem dados e linhas orientadoras relativamente às causas e consequências das alterações climáticas;
  • Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), criados pelas Nações Unidas, definem prioridades e aspirações globais para 2030, apoiados em cinco pilares da sustentabilidade: Pessoas, Planeta, Prosperidade, Paz e Parcerias. O ODS 13 em concreto diz respeito à adoção de medidas urgentes para combater as alterações climáticas e os seus impactos.
  • A Nature Climate Change é uma revista científica com excelente reputação. Contém artigos sobre as mais recentes descobertas e notícias sobre alterações climáticas;
  • A National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA) é uma plataforma norte-americana que fornece dados, ferramentas e informação sobre alterações climáticas.

Europa:

  • Na página da Comissão Europeia a secção sobre clima contém muita informação útil, desde estatísticas a regulamentos e notícias.
    Há a destacar dois documentos importantes:
    • O Pacto Climático Europeu, que está ligado ao envolvimento dos cidadãos, comunidades e organizações na ação climática para a promoção de uma Europa mais verde;
    • A Estratégia Europeia de Adaptação às Alterações Climáticas, que foi lançada em 2021 e cujos principais objetivos são tornar a adaptação mais inteligente, mais célere e mais sistémica, e simultaneamente intensificar a ação internacional em relação à adaptação às alterações climáticas.
  • O Climate-ADAPT é uma plataforma resultante de uma parceria entre a Comissão Europeia e a Agência Europeia do Ambiente, cujo principal objetivo é apoiar a Europa na adaptação às alterações climáticas. Através desta plataforma são partilhados dados, ferramentas e informação sobre alterações climáticas, vulnerabilidades, estratégias de adaptação e planos a diferentes escalas.

Portugal:

  • O Portal do Clima do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) fornece informação sobre dados históricos e projeções até ao final do século XXI para diferentes variáveis climáticas como temperatura, precipitação e índice de seca;
  • A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) disponibiliza uma página bastante complete com informações sobre alterações climáticas em Portugal. A nível de documentos estratégicos específicos sobre adaptação, a subpágina sobre o Enquadramento da Adaptação em Portugal possui informação útil e atualizada sobre o Roteiro Nacional para a Adaptação 2100 (RNA 2100), a Estratégia Nacional de Adaptação às Alterações Climáticas 2020 (ENAAC 2020) e o Programa de Ação para a Adaptação às Alterações Climáticas (P-3AC);
  • A APA disponibiliza também um microsite dedicado ao Roteiro para a Neutralidade Carbónica 2050. Este roteiro tem como objetivo estudar as “implicações associadas a trajetórias alternativas, tecnicamente exequíveis, economicamente viáveis e socialmente aceites” que permitam alcançar a neutralidade carbónica da economia portuguesa até 2050. Além de documentos e publicações úteis, a página web inclui também uma listagem de boas práticas.

Algarve:

Notícias

AMAL promove visita de parceiros noruegueses ao Algarve para partilha de conhecimentos na adaptação às alterações climáticas

A Comunidade Intermunicipal do Algarve promoveu, recentemente, um Workshop e uma visita a Lagos, que envolveu técnicos municipais e os parceiros noruegueses do projeto AwK – Adaptation with Knowledge, Climate Change. Estas iniciativas integram as vertentes de comunicação, sensibilização e intercâmbio do AwK, um projeto da AMAL através do qual estão a ser criadas as

Ler Mais »

«A Natureza não tira férias»: Algarve apela a um turismo sustentável

«A Natureza não tira férias» é o claim da nova campanha do Turismo de Algarve que pretende sensibilizar para um turismo sustentável e chamar a atenção para as consequências das alterações climáticas no destino. A campanha arranca esta segunda-feira e prolonga-se até setembro, apelando a que as boas práticas sejam mantidas por todos, mesmo em

Ler Mais »

Representantes da AMAL e RTA visitam parceiros noruegueses para partilha de conhecimentos em adaptação às alterações climáticas

No âmbito do projeto AwK – Adaptation with Knowledge, Climate Change, cujo principal objetivo é melhorar a capacidade de resposta do Algarve face às alterações climáticas e promover a implementação do Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Algarve (PIAAC-AMAL), a equipa de projeto da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) e da Região de

Ler Mais »

Implementação do PIAAC-AMAL começa com candidatura aprovada no EEA Grants

A cerimónia pública de apresentação dos projetos aprovados no âmbito do EEA Grants decorreu no passado dia 21 de dezembro de 2020, via streaming, e contou com a presença do Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes. A Comunidade Intermunicipal do Algarve, na qualidade de entidade promotora do Plano Intermunicipal de

Ler Mais »
Scroll to Top